Empresa de transportes rodoviários substituiu o fluido refrigerante R-12 pelo ambientalmente aceito DuPont™ ISCEON® MO49Plus™; operação atende diretrizes do Protocolo de Montreal para o Brasil

São Paulo (SP) – A Viação Motta, empresa especializada em transporte rodoviário de passageiros, realizou operações de Retrofit* para adequar os sistemas de climatização instalados em 90 de seus ônibus interestaduais às diretrizes do Protocolo de Montreal**.
As operações permitiram a troca do produto R-12, um CFC que teve sua importação proibida no Brasil há alguns anos devido ao Protocolo de Montreal. O fluido refrigerante alternativo escolhido foi o ambientalmente aceito DuPont™ ISCEON® MO49Plus™.
De acordo com o técnico em mecânica, Gilberto Lúcio de Oliveira e Silva, colaborador da Viação Motta e responsável interno pelas operações de Retrofit, a aplicação desses procedimentos resultou em ganhos significativos no rendimento dos equipamentos. “Com menos quantidade de fluido refrigerante registramos uma qualidade de refrigeração bem melhor. Antes aplicávamos 7 quilos de produto e com essa substituição passamos a usar 5,8 quilos”, observa o especialista.
O fluido refrigerante ISCEON® MO49Plus™ é um alternativo ao R-12, que não possui potencial de degradação da camada de ozônio. A aplicação desse produto é simples e não necessita modificações representativas nos sistemas de climatização originalmente projetados para operar com HCFCs e CFCs, uma vez que é um produto compatível com os óleos lubrificantes a base de óleo mineral (OM), alquibenzeno (AB) e poliol éster (POE), além de Polialquilenoglicol (PAG), óleo utilizado em condicionadores de ar automotivos.
A companhia destaca ainda que a aplicação correta de seu produto permite ampliar em mais de 10% a capacidade de refrigeração de um sistema de climatização instalado em ônibus, com menor consumo de energia em comparação ao R-12.
A Viação Motta é uma marca forte e referenciada nos estados de São Paulo, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Paraná, Minas Gerais, Goiás, Distrito Federal e Rio de Janeiro. “Ao atender às diretrizes do Protocolo de Montreal, a empresa certamente reforça sua credibilidade e a reputação de liderança que conquistou perante os clientes e as comunidades onde atua”, assinala Renato Cesquini, gerente de negócios da DuPont Fluidos Refrigerantes para o Brasil.
* Retrofit = Conversão de equipamentos que contêm CFCs ou HCFCs, para operar com fluidos refrigerantes que apresentam zero potencial de degradação da camada de ozônio.
** Protocolo de Montreal = Documento celebrado mundialmente no final da década de 1980, que estabelece metas e prazos para a eliminação dos CFCs e HCFCs, substâncias com potencial de degradação da camada de ozônio.