Técnica que substitui soldas tem sido amplamente usada em prédios que buscam certificações ambientais

A busca pela sustentabilidade em obras ganha um importante aliado que está na instalação de sistemas de ar condicionado. Cada vez mais demandado por empresas que buscam certificações ambientais cresce o uso da tecnologia chamada Lockring. O assunto foi abordado em palestra realizada na sede da Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação (ASBRAV) na noite de quinta-feira (26/06).
– O sistema proporciona um benefício importante que é o trabalho limpo. O técnico não respira gases geralmente usados em soldas. Além disso, há uma demanda grande por parte de empresas que estão buscando a certificação “Green Building” para obras que atendem a diversos requisitos ambientais – explicou o representante e instrutor técnico da Vulkan, Clóvis Fernando Vasquez Amaro.
A técnica proporciona economia pelo fato de não ser preciso o uso de Nitrogênio Passante, geralmente utilizado nas soldagens. O grande vilão das instalações, porém, é quando nem mesmo esse produto é usado ocasionando diversos problemas nos equipamentos.
– Nesses casos há um acúmulo de sujeira na tubulação que vai parar nos compressores e nas válvulas de expansão trazendo um grande retrabalho. Essa situação é corriqueira e, hoje, traz muito prejuízo porque além da própria perda de tempo de uma equipe indo fazer um reparo, ela deixa de fazer outra instalação – completou Clóvis.
A aplicação é feita em sistemas chamados VRF (Volume de Refrigerante Variável). O modelo de ar condicionado é desenvolvido especialmente para residências amplas e edifícios comerciais de médio e grande porte. Possui um sistema multi-split com apenas uma unidade externa ligada a múltiplas unidades internas operando individualmente por ambiente.