Para evitar doenças respiratórias é importante manter o equipamento sempre em dia

A limpeza do equipamento de ar condicionado é um processo importante para evitar doenças respiratórias, comuns nesta época do ano. As sujeiras e poeira que ficam acumuladas no filtro e no interior do equipamento quando lançadas no ambiente, podem provocar o surgimento de doenças respiratórias como gripe, pneumonia, sinusite e reações alérgicas.

Consagrado no mercado, o uso do Split é um item que merece atenção uma vez que há uma parte desse processo de limpeza que pode ser feita pelos próprios usuários e outra mais complexa para a qual é indicada a presença de um técnico.

“A limpeza de filtro em sistemas do tipo Split é um processo simples que pode ser feito pelo próprio usuário dentro de sua casa e que deve ocorrer a cada dois meses, aproximadamente. O primeiro passo é abrir a tampa que geralmente fica acima das aletas com cuidado e fazer a retirada dos filtros. O acessório é geralmente côncavo. Com a parte suja para baixo deixe escorrer a água de preferência em um tanque. Não é preciso esfregar com força, porque o atrito pode abrir a tela e danificar o material. Após, é importante deixar o filtro em um ambiente aberto para secar. Não é indicado que ele seja recolocado úmido no equipamento!”, explica o diretor da Qualidade do Ar da Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação (ASBRAV), Mário Henrique Canale.

A limpeza da serpentina é mais complexa e exige a presença de um técnico. Esse procedimento é importante para eliminar fungos que podem permanecer nas aletas, nos espaços onde acontece a troca térmica e na bandeja. Esse procedimento deve ser feito por um profissional ou empresa especializada