Workshop promovido pela ASBRAV, em Porto Alegre, mostra como melhorar o desempenho e reduzir o consumo de energia de uma edificação

Estudar e simular a aplicação prática de novos conceitos e ferramentas para a concepção e projeto de edifícios mais eficientes e sustentáveis. Com este objetivo, a Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação – ASBRAV, em parceria com a empresa Petinelli Soluções em Green Building, do Paraná, está promovendo, até sábado (04/07), o Workshop “Eficiência Energética, Construções Sustentáveis e Simulação”, reunido cerca de 40 profissionais da área da construção civil ligados à concepção, projeto, construção e operação de edificações. O evento ocorre na sede da ASBRAV, Rua Arabutan, 324, em Porto Alegre.

Em grupos, os participantes do workshop identificam oportunidades e propõem medidas para melhorar o desempenho e reduzir o consumo de energia de um edifício, tendo como base as cidades de Porto Alegre e Salvador. Essas medidas serão avaliadas através de simulações executadas pelos instrutores em tempo real e em conjunto com os participantes. Durante o workshop são apresentados estudos de casos de como a utilização desses novos conceitos e ferramentas possibilitaram a projetos brasileiros, muitos certificados LEED, a obter grandes economias com pouco ou nenhum investimento adicional. Entre eles, a sede da Receita Federal e o Residencial LLUM, em Curitiba, e a fábrica da Coca-cola, em Maringá, no Paraná, todos certificados LEED.

Para o arquiteto, instrutor do evento e diretor da empresa Petinelli, Guido Petinelli, o evento busca mostrar como aliar eficiência energética e desempenho térmico em edificações, desmistificando a ideia de que é preciso gastar mais com a obra para promover um prédio sustentável.

– Usamos como ferramenta chave deste evento a simulação, através da qual conseguimos criar o ambiente inerente a construção civil e ver como é possível identificar medidas que ajudem a produzir uma edificação com sustentabilidade – afirma Petinelli.

De acordo com o instrutor, durante o workshop os participantes estarão utilizando ferramentas de simulação como energyplus; que abrange a termoenergia e sistemas de ar condicionado, dialux evo, englobando a simulação de sistemas de iluminação; diva_rhino, simulação de iluminação natural; design builder, simulação de ventilação natural (CFD).

– Em todas as etapas da construção civil a sustentabilidade veio para ficar. Utilização de materiais e sistemas construtivos inteligentes, produzidos a partir de produtos recicláveis ou que demandem menos insumos para a construção, redução dos desperdícios na obra e oferta de soluções que resultem em menor consumo de recursos energéticos – como a instalação de placas solares – estão entre as principais características de uma obra sustentável. Tudo isso ajuda a entregar para o cliente um ambiente saudável, com ventilação e iluminação natural, qualidade do ar e conforto térmico, acústico e visual. Esse é o maior desafio, oferecer conforto com menor consumo de energia, ressalta Petinelli.

Para o especialista, a sustentabilidade deixou de ser um conceito para se tornar uma realidade no mercado da construção civil. Nos últimos anos, o setor precisou se reinventar para atender aos consumidores que, cada vez mais informados e exigentes, buscam soluções que tragam desempenho ambiental para o dia a dia dos empreendimentos.

Além de Guido Petinelli, o workshop conta com os instrutores Ricciano Liberali e Bruno Martinez, ambos engenheiros mecânicos, e Andre Belloni, engenheiro eletricista.