Nota Técnica da ANVISA alerta para condições de sistemas de climatização na retomada das atividades

Medidas são alinhadas com premissas que a  entende que devem ser obrigatórias para assegurar que a qualidade do ar interior seja mantida no cenário de pandemia da COVID-19

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) publicou nota técnica orientando que seja obrigatória avaliação das estruturas existentes em portos, aeroportos e passagens de fronteiras quanto ao uso ou não de sistemas de climatização durante a pandemia.
O objetivo é esclarecer se é melhor manter ou não os sistemas de climatização levando em conta que o vírus se propaga pelo ar por meio de gotículas suspensas e os sistemas de climatização podem vir a ser um veículo de disseminação de micro-organismos quando houver falhas, especialmente, na sua manutenção.
No Brasil, desde 1998, os sistemas de climatização estão sujeitos a medidas básicas referentes aos procedimentos de verificação visual do estado de limpeza, remoção de sujidades por métodos físicos e manutenção do estado de integridade e eficiência de todos os componentes para garantir a qualidade do ar de interiores e prevenção de riscos à saúde dos ocupantes de ambientes climatizados.
O documento alerta, também, para o uso de Equipamentos sem dutos, com insuflação direta no ambiente (exemplo: do tipo “Split”), habitualmente não promovem a renovação do ar ambiente e isso pode ser prejudicial à saúde especialmente quando utilizado em locais de uso coletivo.
Assim, para este tipo de equipamento, quando não proporciona a renovação do ar a alternava para isso é a abertura de janelas e portas. Quando o ambiente for fechado a ponto de não ter contato com ambiente externo, os locais climatizados devem ser evitados para uso coletivo.
Neste contexto, o sistema de climatização pode ser um aliado importante quando corretamente instalado e mando dentro das condições adequadas de higiene e operação. Os sistemas de climatização podem influenciar na qualidade do ar interior. Importante destacar que o sistema de climatização não irá eliminar a presença do vírus no ambiente, apenas pelo seu sistema de filtragem ou pelo controle de umidade e temperatura. A orientação é que, os sistemas de climatização, inclusive os do tipo mini-split, sejam mantidos sempre limpos e com renovação de ar externo. Para maior renovação do ar, adicionalmente, recomenda-se manter abertas as portas e janelas.
As alterações no modo de operação dos sistemas de climatização devem ser avaliadas pelo responsável técnico.