Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento, e Ventilação (ASBRAV) ressalta que os comerciantes devem estar atentos aos cuidados preventivos nos equipamentos que armazenam alimentos.

Donos de bares, restaurantes e demais comércios têm como uma das suas maiores preocupações manter seus produtos sempre com qualidade, principalmente quando eles se tratam de alimentos. A Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento, e Ventilação (ASBRAV) alerta que a manutenção preventiva dos equipamentos que armazenam alimentos é uma das ações mais importantes dentro de uma organização.
– Até pouco tempo a manutenção preventiva era uma atividade pouco praticada pelas as empresas, que só se preocupavam quando algum equipamento estragava. Com o passar dos anos, os processos da manutenção evoluíram e hoje diversos setores da economia já estão convencidos de que a manutenção é uma prática importante, é um suporte fundamental para o empresário que busca além do lucro, minimizar as despesas – afirma o conselheiro da ASBRAV, Telmo Brito.
A entidade ressalta que a manutenção preventiva é importante, pois ajuda a programar e cumprir prazos programados, oferece produtos sempre com o mesmo padrão de qualidade, conquista novos clientes, diminui custos de produção e armazenamento, reduz perdas de matéria-prima e produtos, reduz despesas com componentes e mão de obra, reduz o consumo energético, aumenta a vida útil dos equipamentos e sistemas, além de preservar o meio ambiente.
A manutenção preventiva visa reduzir custos, melhorar a performance do sistema, ampliar a vida útil dos equipamentos. A melhor forma de se prever problemas em frigoríficos é elaborar uma planilha de manutenção preventiva. O cuidado pode ser semanal, mensal, trimestral ou anual, dependendo do equipamento.