Revista ASBRAV – Artigo Técnico

Neste trabalho foram realizadas avaliações de conforto térmico ambiental em sete escritórios do Edifício Itália, durante o mês de janeiro de 2018. O objetivo foi estudar o impacto das estratégias arquitetônicas utilizadas no edifício sobre o conforto de seus ocupantes nas condições de uso atual. Todos os escritórios utilizavam ar condicionado em período integral nos ambientes avaliados (tipo split) e as janelas permaneciam fechadas. Para a avaliação dos escritórios foram utilizados dataloggers para medidas de temperatura e umidade do ar, com canais externos para termômetro de globo e anemômetros. Foram também realizadas avaliações do projeto arquitetônico (planta, corte layout, fachada, relações com entorno), pesquisas de opinião dos usuários sobre o grau de conforto ambiental (em alguns escritórios não foi autorizado) e avaliações ergonômicas dos ambientes de trabalho. Os levantamentos de conforto térmico foram realizados segundo o índice do PMV (Predicted Mean Vote) proposto por Fanger e adotado pela Norma ASHRAE a partir de 2004 e segundo a TO (Temperatura Operativa) da NBR 16401-2/2008.

Autores:

Sheila Regina Sarra – sheila_sarra@hotmail.com

Universidade de São Paulo – FAU, http://www.fau.usp.br/

Roberta Consentino Kronka Mülfarth – rkronka@usp.br

Universidade de São Paulo – FAU, http://www.fau.usp.br/

Confira aqui o artigo em sua íntegra