Palestra na sede da Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação (ASBRAV) aborda a participação da mulher no mercado de trabalho e auto estima

Para marcar o encerramento do mês da mulher a entidade que representa o segmento de climatização e refrigeração fez uma homenagem às mulheres. O local, que costuma acolher predominantemente homens pela característica do setor, recebeu um evento diferente com a presença exclusiva delas. O Workshop Mês da Mulher, realizado na noite de segunda-feira (30/03) proporcionou a interação e debate de temas que trataram de atuação profissional, auto estima, beleza e comportamento.
Na abertura do evento, o tema central foi a diferença no salário e ocupação das mulheres. Segundo dados da Fundação de Economia e Estatística a taxa de desemprego das mulheres é superior à dos homens e a mão de obra assalariada feminina segue ganhando menos, apesar de ter, em média, nível de escolaridade superior. O rendimento médio das mulheres é 24,6% inferior ao dos homens e a média salarial do trabalhador masculino é de R$ 2.093 versus R$ 1.579 da mulher trabalhadora. Apesar de ter diminuído o diferencial entre a taxa de desemprego feminina e masculina, as mulheres ainda apresentam taxa de desemprego superior à dos homens e representam mais da metade dos desempregados (51,1% do total).
A dançarina Zafiha Nahid encantou com uma apresentação no auditório e ensinamentos da música cigana para as participantes. Após, foi a vez da Miss Brasil Universe-Maturidade, Marilice Carrer, falar sobre a carreira e desafios das mulheres. Ao final, Antônia Claudete Croda, apresentou produtos voltados para o público feminino da empresa Mary Kay.