Notas e lançamentos

Prestes a comemorar 24 anos de fundação, a Dufrio finalizou neste mês de março o seu processo de sucessão empresarial. A empresa é uma referência nacional no varejo e atacado, venda e distribuição para consumidores residenciais e empresariais nos segmentos de ar condicionado, climatização, refrigeração comercial, câmaras frigoríficas, linha branca, frio alimentar, linha de ferramentas, eletrodomésticos, eletroportáteis e eficiência energética a partir de placas fotovoltaicas. Agora, a gestão passa a ser sob o comando do novo CEO, Guillermo Zanon. O fundador, Dagoberto Zanon, assume a presidência do conselho de administração.

A relação entre os dois cargos mantém a proximidade inerente à conexão familiar de pai e filho e agrega para a Dufrio uma nova fase de transformações. “O Guillermo está na empresa há 15 anos. Boa parte do que a Dufrio é hoje, foi uma construção liderada por ele. Com humildade e competência, o Guillermo conquistou a confiança minha e da empresa para assumir e manter sempre a cultura da Dufrio. Na verdade, estou oficializando aquilo que já acontecia há mais de cinco anos”, confirma Dagoberto. Segundo ele, a qualificação e o preparo de Guillermo para os projetos em andamento, como expansão e inovação, são ideais para as exigências da transformação digital na sociedade e estão fortemente adequadas, “assim como sua competência para administrar o dia a dia da empresa, justamente, por ter feito parte da construção”, reforça.

Ao longo do processo de sucessão, a dupla comandou a empresa junto a um time multidisciplinar de executivos, compartilhando a gestão de dois eixos principais: projetos estratégicos e operações. “Foi um período importante de conhecimento e construção da sucessão. Somamos experiências, vivências, novos conhecimentos e conseguimos chegar a uma Dufrio que ainda tem muito a entregar para nossos clientes, parceiros, colaboradores e sociedade”, comenta Guillermo.

“A vida sempre será assim. Um dia a tomada de decisão chega e temos de realizar o necessário para continuarmos nossa caminhada”, finaliza Dagoberto Zanon.