Apontado como o principal causador de problemas na voz, se bem mantido, não traz prejuízos à saúde

A maioria das pessoas que possuem condicionador de ar tipo split ou equipamentos do gênero, quando se deparam com problemas de garganta têm como primeira reação culpar o aparelho. Porém, conforme o conselheiro técnico da Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação (ASBRAV), César De Santi, se bem mantido, o ar-condicionado não traz tais danos ao usuário.

– Um dos primeiros fatores a serem analisados, é se a pessoa não possui uma certa sensibilidade a variações de temperatura. O outro é averiguar se a manutenção está adequada, senão, ele passa a ter problemas que refletirão no usuário – orienta César.

É necessário pesquisar no mercado sobre as empresas mais habilitadas para fazerem a conservação do equipamento ou sistema, pois, o descuido com ela afeta a limpeza dos filtros e aumenta a concentração de poeira e ácaros. Outra observação é que não adianta colocar a culpa no ar-condicionado se a temperatura não estiver adequada. O recomendável sempre é de 21°C a 23°C , inclusive no inverno.