Dados da ASBRAV mostram retração na comercialização de equipamentos de climatização em comparação com os números de 2014
Os últimos dois anos não apresentaram bons resultados para o setor refrigerista no sul do país. De acordo com dados da ASBRAV – Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado Aquecimento e Ventilação, as vendas de ar condicionados tiveram queda de 50% em 2016, comparando com a comercialização de equipamentos de climatização em 2014.

– Em 2015, o setor já apresentou diminuição de 25%, comparando com as vendas e instalações de ar condicionado em 2014. Em 2016, estamos estabilizando os números do ano passado, somando 50% de queda. A crise foi a grande responsável pela retração, pois os consumidores ficam com receio de investir em climatização e depois não conseguir pagar – salienta o 1° vice-presidente da ASBRAV, Eduardo Hugo Müller.

Apesar dos dados negativos, Müller lembra que existe um mercado favorável ao segmento de refrigeração no país, pois pesquisa de 2014 revelou que apenas 18% das residências brasileiras possuem equipamentos de ar condicionado e por isso a projeção para o ano que vem é de otimismo, na expectativa de retomar os bons números para o setor.