Em parceria da ASBRAV e da Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul (SERGS), intenção do evento é apresentar soluções inovadoras sobre os cuidados com o Ar Interno e Externo
A necessidade de se intensificar a vigilância e a fiscalização com a Qualidade do Ar, tanto interno, quanto externo, vem sendo defendida pela ASBRAV – Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação, ao longo deste ano, em eventos e reuniões. Na manhã de quinta-feira (24/10), o diretor da Qualidade do Ar da ASBRAV, Mário Henrique Canale, acompanhado da assessora de comunicação da entidade, Cristiane Paim, se reuniu com o coordenador da Comissão Técnica de Meio Ambiente da Sociedade de Engenharia do RS, Luiz Antonio Borges Germano da Silva e o diretor- executivo da Câmara de Comércio e Indústria Brasil-Alemanha RS (AHK), Dietmar Sukop, na sede da Câmara. A intenção do encontro foi alinhar as pautas e projetar, para 2020, a realização da 4° edição do Seminário da Qualidade do Ar, que já havia sido promovido pela AHK Porto Alegre em outras três oportunidades.

– Encontros assim são sempre proveitosos. A ideia de um evento como esse é disseminar o conhecimento e mostrar ao Brasil o que vem sendo feito lá fora na Alemanha e nos demais países europeus, quando se fala em Qualidade do Ar – salientou o diretor-executivo, Dietmar Sukop.

O coordenador da Sociedade de Engenharia do Rio Grande do Sul , Germano da Silva, explicou a necessidade de se apresentar soluções.

– É imprescindível mostrar o que já vem sendo feito lá fora e tem potencial para dar certo no Brasil. Sem “terrorismo” e sim buscar elucidar pautas tão importantes – apontou.

A ideia inicial é que o evento seja divido em duas partes, uma dedicada a Qualidade do Ar Interno e outra a Qualidade do Ar Externo, abordando temas como Saúde Pública, renovação em ambientes fechados, alertas, exemplos do no exterior, manutenção básica e técnica e soluções tecnológicas. Uma nova reunião será realizada para avançar os termos e as definições de organização.