Inovações tecnológicas e importância dos cuidados com a temperatura e umidade do ar aumentam a necessidade de contratação de profissionais treinados e bem capacitados
Se no passado a única preocupação era controlar o calor ou frio, hoje, um empreendimento moderno exige uma intensa e vasta série de requisitos que passam por controle de umidade, economia de energia elétrica, circulação do ar para prevenção de doenças respiratórias, entre tantos outros fatores. Essas características fazem com que se torne cada vez mais importante que o empreendedor ou empreiteiro invista na qualificação de seus profissionais.

Atuando há 22 anos na oferta de capacitação e atualização profissional para seus associados e na geração de mão de obra qualificada para os setores que atende a Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação – ASBRAV, inovou em 2017 e lançou um novo produto, o Programa ASBRAV de Ensino e Treinamento – Qualificar.

A grade engloba todos os cursos promovidos pela entidade sob uma única marca. As capacitações formam, anualmente, mais de 200 alunos que buscam seu aperfeiçoamento profissional. O presidente da ASBRAV, Eduardo Hugo Müller, salienta que a iniciativa mostra a importância do aprimoramento técnico dentro do setor refrigerista.

– É cada vez maior a importância dos profissionais do segmento ampliarem seus conhecimentos e estarem sempre atualizados para conquistar a qualidade contínua de trabalho. A qualificação profissional nunca foi tão valorizada pelas empresas como no atual momento do país. A aposta em bons profissionais é fundamental para manter vendas aquecidas e ofertar serviços de excelência – ressalta Eduardo Hugo Müller.

Outra característica relevante é a importância da qualificação para o profissional. As empresas sempre vão optar em preservar o emprego do indivíduo mais qualificado quando enfrentarem dificuldades e precisarem reduzir quadro.

– Assim como ocorre em outros setores da economia nacional o setor refrigerista enfrenta escassez de mão de obra qualificada. Para resolver isso, os técnicos precisam se conscientizar da importância do aprimoramento profissional trazido por cursos, workshops, treinamentos e palestras. As empresas também devem investir em produtos que favoreçam o desenvolvimento do segmento e na formação de profissionais capacitados e atualizados – diz o presidente da ASBRAV.

Com a devida qualificação, o profissional do setor de refrigeração, ar condicionado, ventilação e aquecimento pode trabalhar ou empreender negócios para atender às demandas de fábricas, estabelecimentos comerciais ou residências.