Fábrica é uma das mais importantes unidades da Volkswagen no mundo e produziu cerca de 516.000 veículos no ano de 2013

São Paulo (SP) – O comprometimento da Volkswagen com o cumprimento das diretrizes do Protocolo de Montreal* vai além de sua linha de produtos automotivos, carros e caminhões, que lideram vendas em todo o mundo. A empresa acaba de realizar uma operação de Retrofit** em sua unidade de Puebla, no México, eliminando a presença do fluido refrigerante R-22 dos sistemas de climatização daquela planta industrial.
Na troca, a Volkswagen optou pelo fluido refrigerante DuPont™ ISCEON® MO99.
O composto R-22 está na lista das principais substâncias que degradam a camada de ozônio. Sua utilização, por força do Protocolo de Montreal, deve ser descontinuada gradualmente nos próximos anos.
Já o fluido refrigerante ISCEON® MO99 é considerado o substituto ideal para o R-22.
Ambientalmente aceito, ISCEON® MO99 proporciona bom rendimento aos equipamentos e apresenta potencial de aquecimento global (GWP) inferior em comparação a outros substitutos do R-22 – em relação ao R-404, por exemplo, o GWP de ISCEON® MO99 é 42% menor.
O produto da DuPont é ainda compatível com lubrificantes a base de óleo mineral (OM), alquibenzeno (AB) e poliol éster (POE).
Volkswagen Think Blue
Posicionada para produzir globalmente alinhada a metas de sustentabilidade ambiental, a Volkswagen investe continuamente em seu programa interno Think Blue, voltado à produção de veículos mais eficientes através processos certificados. A proteção da camada de ozônio faz parte desse esforço.
A unidade de Puebla da montadora é uma das mais importantes do mundo em números. Foram fabricados naquela planta, em 2013, cerca de 516.000 veículos. Mais de 80% desse montante foram exportados. Atualmente, Puebla direciona ao mercado mundial os modelos Golf 7, Beetle, Beetle conversível e Jetta, entre outros. Presente no México há 50 anos, a Volkswagen gera 16.546 empregos diretos no país.
“O Retrofit na Volkswagen Puebla é um exemplo importante de como a DuPont direciona suas habilidades e a inovação para ajudar os clientes a atender demandas ambientais importantes, como as diretrizes estabelecidas pelo Protocolo de Montreal na proteção da camada de ozônio”, assinala Jose Luis Mata Jaime, gerente de negócios da DuPont Químicos e Fluorprodutos para o México.
* Protocolo de Montreal = Documento celebrado mundialmente no final da década de 1980, que estabelece metas e prazos para a eliminação dos CFCs e HCFCs, substâncias que degradam a camada de ozônio.
** Retrofit = Conversão de equipamentos que contêm CFCs ou HCFCs, para operar com fluidos refrigerantes que apresentam zero potencial de degradação da camada de ozônio.