Confraternização de final de ano do Escritório Regional Paraná da ASBRAV – Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação ocorreu na noite de terça-feira (08/12).

Mais de 50 empresários do setor refrigerista do Paraná participaram da confraternização do Escritório Regional Paraná da ASBRAV – Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação, realizada na noite de terça-feira (08/12), em Curitiba (PR). O vice-presidente da entidade, Eduardo Muller, esteve presente no evento e destacou a grande quantidade de participantes no evento.
– A Noite do Clima no Paraná foi um sucesso. Estiveram mais de 50 empresários do setor refrigerista presentes, além de outras pessoas que foram prestigiar o evento. Durante a comemoração, a Escola Técnica apresentou o calendário de cursos dos quatro primeiros meses de 2016. Também definimos uma série de cursos com o professor Paulo Otto Bayer, nos meses de junho, julho e agosto. Os empresários receberam muito bem às notícias – ressaltou o vice-presidente da ASBRAV, Eduardo Muller.
O momento atual da economia brasileira também foi um assunto debatido na Noite do Clima paranaense. De acordo com o diretor regional do Escritório Regional Paraná da ASBRAV, Alexandre Fernandes Santos, apesar dos maus números brasileiros, o setor refrigerista do estado fecha com saldo positivo o ano de 2015.
– Alguns fatores fizeram com que nossos números não ficassem negativos em 2015, mas ao contrário disso, percebemos crescimento. Um exemplo é o setor supermercadista, que apresentou queda em diversos estados, mas não aqui no Paraná, o que nos favoreceu. O estado tem empresas de refrigeração focadas em agroindústria e esse segmento teve aumento de 5%, mesmo na crise – relatou Alexandre Fernandes Santos.
Ainda de acordo com Alexandre, as perspectivas para 2016 no setor refrigerista no Paraná são de crescimento dos setores de refrigeração atacadista e agroindustrial. A Noite do Clima ocorreu no restaurante Gonçalves Grill, em Curitiba (PR).