ASBRAV dá dicas importantes para utilizar o equipamento no verão e não levar um susto na hora de pagar a conta de luz

Nos dias quentes de verão o conforto proporcionado pelo aparelho de ar condicionado é essencial para o bem- estar do ser humano. No entanto, o uso contínuo pode aumentar o valor a ser pago na conta de luz ao final de cada mês. O engenheiro mecânico e associado da ASBRAV – Associação Sul Brasileira de Refrigeração, Ar Condicionado, Aquecimento e Ventilação, Ricardo Vaz de Souza, lembra que as recomendações são válidas para quem está pensando em comprar um aparelho de ar condicionado, para quem já comprou e pretende iniciar a instalação e para os que já possuem o equipamento.

Antes de comprar um ar condicionado, é importante verificar se o aparelho possui o Selo Procel de Economia de Energia, que indica aos consumidores qual modelo é mais eficiente e economiza energia. Os modelos que possuem recursos como o “timer”, que permitem a programação e o autodesligamento também são boas opções.

– Atualmente, o modelo de ar condicionado que gera maior economia de energia é o que possui a tecnologia inverter. Esse sistema oferece maior eficiência energética a medida que ajusta o trabalho do compressor conforme a necessidade do ambiente. Aparelho com tecnologia inverter pode reduzir em até 35% o consumo de energia elétrica na comparação com os modelos convencionais – ressalta Ricardo Vaz de Souza.

Também deve ser levado em conta o dimensionamento correto do ar condicionado, ou seja, avaliando itens como o tamanho da casa, em qual cômodo será instalado e quantas pessoas farão uso. Desta forma, é possível saber a potência ideal para a necessidade do consumidor.

Na hora de instalar o equipamento é preciso observar alguns cuidados importantes para economizar energia elétrica. A unidade externa deve ser colocada em local com boa circulação de ar, sem bloquear as saídas de ar e onde a luz do sol não bata de forma direta. Se a luz solar incidir diretamente, o aparelho vai trabalhar mais e desnecessariamente.

No interior da residência, o ar condicionado deve ser instalado de forma a possibilitar a melhor circulação no ambiente. Se possível, em um local onde o fluxo de ar fique paralelo a maior dimensão do cômodo. Evitando a instalação em cantos de paredes e próximo a móveis e cortinas já é possível economizar energia.

Outra dica é colocar o aparelho no alto, já que o ar frio tende a descer e espalhar-se pelo ambiente, tendo maior eficiência. Conferir se o termostato está regulado de forma correta, evitando o frio excessivo e mais gastos, também é importante. A variação de um grau pode elevar em até 8% o consumo de energia. Vale lembrar que a temperatura considerada agradável para a maioria das pessoas é de 23ºC a 24ºC.

Quem já possui ar condicionado pode economizar na conta de luz colocando em prática algumas atitudes simples. A limpeza dos filtros, por exemplo, pois quando estão sujos eles impedem a circulação do ar, forçando o aparelho a trabalhar mais. As entradas e saídas também precisam de atenção para não serem obstruídas por pó e sujeira.

Quando o aparelho estiver ligado é importante evitar que o calor entre no ambiente, mantendo portas e janelas bem fechadas. Ao sair do ambiente por tempo prolongado, é preciso desligar o aparelho. Para evitar que o cômodo esquente com o calor do sol é fundamental deixar cortinas e persianas fechadas até mesmo quando o ar não estiver sendo utilizado.